24 de novembro de 2011

"A humanidade precisa tanto de histórias quanto de pão..."





"...os contos são verdadeiras obras de arte. São uma grande arte que pertencem ao patrimônio cultural de toda a humanidade e representam a visão do mundo, as relações entre o homem e a natureza sob as formas estéticas mais acabadas; aquelas que provocam precisamente o maravilhoso."
Jean-Marie Gillig

Contando Histórias para bebês...



Com livros de pano...



Com livros de imagens...
Levando-os a um outro mundo...

" O contador de histórias é aquele que traz o coração nas mãos..."
Maria da Penha

13 de novembro de 2011

CONTANDO HISTÓRIAS NA SALA DE AULA!!




Uma boa história é aquela que envolve tando as crianças quanto os adultos de todas as idades, e este grupo, consegue envolver de modo educativo e prazeroso, todas as faixas etárias.
 Abramovich

A CIGARRA E A FORMIGA

 

E MUITAS OUTRAS HISTÓRIAS...
http://www.youtube.com/watch?v=IezC65lMZKY&feature=related

Quer contar histórias desenhando???

Era uma vez uma página em branco.
Huuuuum...

Mas, que sem graça!

Então, a fada Rabisca entrou em ação
risca daqui e risca dali...
Puxa uma linha e...


Era uma vez um menino chamado Pedro.
Seu cabelo cresceu tanto, tanto
que já tampava seus olhos.
E a mãe disse:
_Corta o cabelo, Pedro!
E o pai disse:
_Corta o cabelo, Pedro!
E a professora disse:
_Corta o cabelo, Pedro!
E a vovó disse:
_Corta o cabelo, Pedro!

E Pedro disse:

Nossa!!!
Vou cortar o cabelo lá no barbeiro!

E lá se foi o menino...


Chegou no barbeiro.
Pedro disse:
_Corta o meu cabelo?

_Sim! Disse o barbeiro.


pic...pic...pic...pic...pic...

e a tesoura foi cortando.

pic...pic...pic...pic...pic...

e o cabelo de molinha foi caindo pelo chão...

pic...pic...pic...pic...pic...

e chão ficou cheinho de molinha de cabelo.

Ops...
O que é isso???

... saindo de uma molinha?


Não...???
Será???
Mas é!!
Sim!!!
É!!!
É um piolho!!!!

Que saiu assustado de uma molinha e começou a andar pelo chão...



foi subinho...

foi lááááááááá longe...

Mas, ficou preocupado:
"E se alguém pisar em mim???"
"Vou voltar para o cabelo do Pedro"

E deu meia volta!

Mas antes...





Não...???
Será???
Mas é!!
Sim!!!
É!!!
É um ovo de piolho!!!!
Que danado,
o pilho botou um ovinho no caminho!!!





E depois voltou correndo para o cabelo.


Se perdeu indo para a esquerda...
mas logo, logo
achou as molinhas do cabelo e se escondeu.

E o barbeiro terminou o corte de cabelo do Pedro.

Pedro foi pra casa feliz de cabelo curto e vendo tudo!

E o barbeiro estava vendo uma grande bagunça.

_Nossa!!!
_ Que tanto de cabelo mola no chão!!!
_Preciso varrer esse bagunção!!


Maaaaaaaas,
 cadê minha vassoura???

Ei...Você?

Você viu minha vassoura???

Não...???
Será???
Mas é!!
Sim!!!
É!!!



Oh!!!
Minha vassoura!!!
 
Essa é a proposta desse livro( incrível)
Contos Desenhados de Per Gustavsson
 
QUER MAIS???
http://contarerecontarparaencantar.blogspot.com/
 

Hino Nacional com outras palavras... legal!

9 de novembro de 2011


HISTÓRIAS COM OBJETOS SIMPLES... MUITO LEGAL!

 


QUE CRIATIVIDADE!! AMEI ESSE JEITO DE CONTAR...




AI AI NÃO PERCAM, ESSA MARIA ANGULA É UMA DANADINHA!!

7 de novembro de 2011

 

SENTAR COM AS CRIANÇAS,
ABRIR UM LIVRO E CONTAR UMA
HISTÓRIA...
E SE PERMITIR A UMA
VIAGEM IMAGINATIVA:
ACIMA DE TUDO É
UM ATO DE AMOR.

6 de novembro de 2011

Histórias que gosto de contar... Augusto Pessoa

Histórias que gosto de contar... Augusto Pessoa

Histórias que gosto de contar... Augusto Pessoa





Guardo comigo lembranças, pessoas, estradas e histórias.
Descobri que era só uma desculpa pra viajar só.
Descobri que assim como no palco é na vida:
Cada dia é um dia, cada apresentação é única, cada platéia é um ritmo diferente e cada cidade tem seu jeitin.
(Kika Farias)

Histórias que gosto de contar... Bia Bedran

Histórias que gosto de contar...



“O livro é aquele brinquedo, por incrível que pareça que, entre um mistério e um segredo põe idéias na cabeça”. (Maria Dinorah)
 

Um contador de histórias
É um observador da vida
Da sua própria
E de outras pessoas

Às vezes é protagonista
Às vezes narrador
Mas sempre atento
Captando mensagens, imagens

O que seus olhos vêm
Sua mente processa
Sua emoção colore
Sua mão transcreve

O contador de histórias
É aquele que te leva
Aos lugares mais distantes
Instiga a tua curiosidade
Traz à tona teus medos
Liberta teus sonhos
Te cura as dores
Reacende teus amores...