12 de fevereiro de 2013

O Lobo do Chapeuzinho é o mesmo dos 3 porquinhos???

Certo dia seis personagens de histórias infantis fizeram uma reunião secreta.
Estavam lá, na casa de tijolos, Chapeuzinho Vermelho, a Vovozinha, o Caçador e os Três Porquinhos.
O motivo da reunião era descobrir se o lobo das duas histórias era o mesmo ou não. Se fosse, ficava mais fácil derrotar o vilão. Se bem que ele sempre acabava mal mesmo, no final das histórias!
Cada um desenhou o seu lobo num pedaço de papel. Mas, quando eles iam comparar os desenhos...
TUM! TUM! TUM!
Ouviram um barulho assustador!
— Ai, ai! O que vamos fazer? — Perguntou apavorada a Chapeuzinho Vermelho.
— Não esquenta! Ele nunca é capaz de derrubar esta casa de tijolos! — Disse um porquinho.
— Mas o malvado pode entrar pela chaminé! — lembrou o outro.
Então, o único jeito foi queimar todos os desenhos na lareira. E o lobo nem tentou entrar porque já estava cansado de queimar o bumbum na fogueira.
Também não podia se disfarçar de Vovozinha porque ela estava lá dentro (não de sua barriga, mas da casa).
Foi embora... No fim das contas, ninguém ficou sabendo se era um ou se eram dois!

Como fazer EVA atoalhado





Como fazer EVA estampado

Você vai precisar de:

  • 1 placa de eva branco;
  • cola branca;
  • 1 pedaço de tecido estampado de sua escolha.

Passe a cola em toda a parte da placa de EVA branco, não deixe nenhum lugar faltando, eu passo com rolinho;
Coloque o tecido de forma que ele fique bem esticadinho, passe novamente mais uma camada de cola com o rolinho sobre o tecido e vá esticando;
Deixe secar ao ar livre.

História com dobradura

O BARQUINHO DE PAPEL 

Era uma vez um menino que não sabia o que queria ser no futuro. Um dia, quando ele estava lendo um livro (dobra o papel no meio) viu um pirata e resolveu que queria ser um. Porém, piratas não eram os mocinhos e sim os capitães de navios. Então resolveu ser capitão. (Dobra como um chapéu) Em seguida, ele mudou de ideia, quis ser um bombeiro (levanta uma das abas e vira chapéu de bombeiro) e ser um grande herói. Mas trabalhar com fogo era muito perigoso e ele mudou novamente de ideia. Ele resolveu ser Robin Hood (levanta as duas abas e transforma em chapéu de Robin Hood), tirar dos ricos para dar aos pobres. Mas roubar não era algo digno de orgulho. Sem saber o que queria ser, foi à praia e ficou sentado na areia vendo os barcos e navios no mar. Foi quando ele avistou um barquinho de papel. Seu sonho era navegar pelo mar! Mas ninguém acreditava que um barquinho de papel pudesse, porque papel na água se desmancha! Ele sempre ia até a praia e desistia. Mas um dia ele se encheu de coragem e foi para o mar. Logo o Mar pensou: “Quem é esse barco de papel! Vou acabar com ele!”. E com uma onda gigante arrancou uma parte do nosso amigo! Mas o barquinho continuou navegando. Então, o mar ficou furioso e fez uma onda maior ainda e arrancou outra parte do barco! Mas ele não desistiu, continuou navegando e enfrentando as ondas. O mar, já cansado, pediu ajuda ao vento, que com uma grande ventania arrancou a vela do barco. Mas desta vez, ele não agüentou e foi parar no fundo do mar. Mas lá, a ele se transformou em uma camisa de capitão e voltou à superfície! Voltou para a praia e aquele menino, que não sabia o que queria ser, não teve dúvida, pegou a camisa e se tornou um importante capitão de navio.