9 de setembro de 2012

Contadores

Contadores de histórias me fascinam
quando soltam seus sonhos pelo ar:
eles falam de reis e de rainhas,
de castelos, de fadas, de ratinhas,
gatos, dragões, leões, monstros do mar.

Contadores de histórias têm poderes,

nem precisam de vara de condão.
Os seus contos são como encantamentos,
que amarram o sol e soltam ventos,
prendem luas e brincam com o trovão.

Eles parecem meros contadores,

mas são encantadores de serpentes;
com suas melodias encantadas
têm mais poder que magos, bruxas, fadas,
e brincam com a imaginação da gente..

Contadores de histórias colecionam

palavras impregnadas de magia,
lendas antigas que fazen chorar,
mitos fantásticos de além do mar,
sonhos que a gente sonha até de dia.

Contadores de histórias, quando dormem,

sonham com feiticeiros ao luar;
ouvem canções de mundos deslumbrantes,
conhecem príncipes , elfos, gigantes,
e se lembram de tudo ao acordar!

Contadores de histórias me enfeitiçam

como nenhuma bruxa nunca fez:
suas palavras causam arrepios,
voam nos ares e correm nos rios,
quando começam seu era uma vez...



Rios, Rosana Palavras mágicas/ Rosana Rios
São Paulo: Studio Nobel, 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário