5 de agosto de 2012

Bonecos e fantoches

Existem diversos tipos de fantoches. Os mais simples podem ser feitos a partir de uma meia ou saco de papel ou simplesmente recortando silhuetas e colando-as a palitos de picolé.
Cada fantoche deve ter uma personalidade clara (ex. nervoso, tímido, orgulhoso.) e também uma voz que não devem mudar durante a história.
Não use fantoches apenas para narrar a história, converse com o boneco ou faça com que atuem.
Tome cuidado ao usar fantoches em um teatro, para que eles não caiam da cena, à medida que seus braços cansem e para que sua voz alcance a platéia. Cuidado com movimentos fora de sincronia, diálogos muito complexos e excesso de objetos e cenários. Mantenha contato visual (olhar) entre os fantoches e entre as crianças.
Há vários modelos de fantoches; e você pode aproveitar todos para que as crianças possam confeccioná-los e manipulá-los. Segue abaixo alguns tipos de fantoches de:
Saco de papel; Vara; Meia; Dedoche; Prato de papel; Cabo de vassoura; Rolo de papel higiênico; Colher de pau; Frutas ou legumes; Copos descartáveis; Caixa de leite; Copos de iogurte; Mão; Luva; Frutas; Retalhos de tecido.

  
artesanato.blog.br
 
www.painelcriativo.com.br 
 
http://educacaodeinfancia.com/fantoches-na-educacao-de-infancia/
 
http://professoracalu.blogspot.com.br/2012/02/historia-do-jujuba-em-sequencia.html
 
paposegoles.com.br
http://reciclagemesucata.blogspot.com.br/2010/10/animais-fantoches-com-papel.html
 
http://www.oartesanato.com/805/fantoche-de-girafa-feito-com-uma-meia
http://aprendendoacompartilhar.blogspot.com.br


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário